Última hora

Última hora

WikiLeaks: em cruzada contra os poderosos

Em leitura:

WikiLeaks: em cruzada contra os poderosos

Tamanho do texto Aa Aa

O nome WikiLeaks regressa à ribalta com a publicação de informação confidencial sobre o Afeganistão. O fundador deste sítio na internet é o australiano Julian Assange, um antigo informático de 39 anos que decidiu agir em nome das suas convicções. Mas o facto de ser parcial não impede Assange de falar em jornalismo.

Confrontado com a reacção da administração americana, o fundador do Wikileaks declarou:

“Estamos habituados. Os grupos que expomos criticam o mensageiro para tentar esconder o poder da mensagem. Não vemos qualquer diferença neste caso entre a reacção da Casa Branca e a dos outros grupos.”

O Wikileaks vive de donativos e tem encontrado graves problemas financeiros. O maior furo que conseguiu antes da publicação desta segunda-feira foi este vídeo, colocado em linha em Abril. Trata-se de imagens de um ataque de helicóptero do qual resultou a morte de uma dezena de civis.