Última hora

Última hora

"A invasão do Iraque foi ilegal" Blix dixit

Em leitura:

"A invasão do Iraque foi ilegal" Blix dixit

Tamanho do texto Aa Aa

As investigações sobre a legalidade guerra no Iraque revelam que o conflito não foi justificado.

Na comissão de inquérito britânica à guerra do Iraque o antigo chefe dos inspectores de armamento das Nações Unidas afirmou que Sadam Hussein não representava uma ameaça em 2003 e que a invasão foi ilegal. “O que é importante é saber que quando nós dissemos que não foram encontradas armas nucleares ou químicas eles deveriam ter percebido, Londres e Washington, que as suas fontes eram pobres”, declarou Blix.

Hans Blix dirigia a equipa de peritos da ONU que visitou 500 instalações iraquiana e não encontraram qualquer prova da existência de armas de destruição em massa. Blix, actualmente com 82 anos e declarou ainda que Washington estava “estimulado por uma ação” militar após os atentados de 11 de setembro e recusou-se a ouvir.

Em Janeiro, Tony Blair foi igualmente ouvido por esta comissão e garantiu estava certo em invadir o Iraque, mesmo que houvesse apenas uma “possibilidade que Saddam pudesse desenvolver armas de destruição em massa”.

O inquérito britânico, que terminará no final do ano, não apontará culpados ou estabelecerá uma investigação criminal sobre os responsáveis, mas emitirá recomendações a respeito de futuros conflitos.