Última hora

Última hora

Mafiosos traídos por uma canção

Em leitura:

Mafiosos traídos por uma canção

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia italiana prendeu esta terça-feira dez alegados membros da máfia calabresa, a Ndranghetta. Até aqui, nada de espantar, até porque estas detenções têm-se tornado habituais nos últimos tempos.

O insólito está na forma como as autoridades chegaram até estes operacionais: nada mais nada menos que graças a uma canção que um padrinho, agora na prisão, gravou, onde conta todas as peripécias de uma anterior fuga.

Todos os homens agora capturados trabalhavam para o clã Bellocco. Gregorio Bellocco, o patrão do clã, foi preso em 2005, quando os carabinieri descobriram o esconderijo onde estava.

Juntamente com vários outros documentos, as autoridades encontraram, na altura, um CD com uma canção escrita e interpretada pelo próprio Bellocco, onde conta todos os pormenores de uma fuga que tinha protagonizado dois anos antres.

Foi graças a essa cantiga que a polícia conseguiu chegar aos dez homens que agora capturou. Foram também descobertos 14 esconderijos prontos a usar.

Moral da história: se o crime não compensa, às vezes a actividade artística também não.