Última hora

Última hora

Ministro do Trabalho francês interrogado pela polícia

Em leitura:

Ministro do Trabalho francês interrogado pela polícia

Tamanho do texto Aa Aa

O ministro do Trabalho francês está ser ouvido pela polícia financeira por suspeitas de evasão fiscal, lavagem de dinheiro e tráfico de influências no caso Bettencourt.

Segundo o advogado, Eric Woerth está a prestar declarações na qualidade de testemunha.

O escândalo ganhou uma nova dimensão depois do braço direito de Sarkozy ter sido citado em gravações clandestinas recolhidas por um empregado da herdeira do império da L’Oreal.

Entre Maio de 2007 e Março de 2010 Woerth foi ministro Finanças e tesoureiro da UMP e a mulher, trabalhava para a empresa que gere a fortuna de Lilliane Bettencourt.

Os investigadores admitem, que as escutas registadas entre 2009 e 2010 tenham sido pedidas pela filha para provar que Liliane Bettencourt não estava em condições de gerir a fortuna.