Última hora

Última hora

Tragédia na "Love Parade": manifestantes pedem demissão de autarca de Duisburgo

Em leitura:

Tragédia na "Love Parade": manifestantes pedem demissão de autarca de Duisburgo

Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de pessoas manifestaram-se em Duisburgo, na Alemanha, para exigir a demissão do presidente da Câmara.

Os manifestantes denunciam a responsabilidade do conservador Adolf Sauerland na tragédia do sábado passado na “Love Parade”, que resultou em 21 mortos.

O autarca é acusado de negligência por autorizar a realização do festival, apesar das medidas de segurança serem alegadamente insuficientes.
Sauerland recusa demitir-se e defende-se dizendo que não assinou pessoalmente a autorização.

Um manifestante considera que o presidente da Câmara “empurra a culpa para a população e recusa as responsabilidades”.

Outra diz que, como cidadã de Duisburgo, sente-se “envergonhada com a reacção do líder da cidade”.

O relatório preliminar apresentado pelas autoridades regionais denuncia a “falta de colaboração” da autarquia com a polícia local, que tinha advertido para falhas de segurança no dispositivo da “Love Parade”.

O relatório atribui a principal responsabilidade pela tragédia, que fez também 500 feridos, aos organizadores do festival de música “techno”.