Última hora

Última hora

Rei saudita e presidente sírio visitam Beirute

Em leitura:

Rei saudita e presidente sírio visitam Beirute

Tamanho do texto Aa Aa

O rei saudita e o presidente sírio visitaram o Líbano num momento em que a tensão regressa ao país. A investigação ao assassinato de Rafic Hariri, em 2005, lança de novo o espectro de um conflito interno.

O rei Abdallah, apoiante do clã Hariri e da comunidade sunita, e o presidente Bashar Al-Assad, aliado do movimento radical xiita Hezbollah, viajaram juntos de Damasco e aterraram em Beirute esta sexta-feira para uma curta estada na capital libanesa. Os dois chefes de Estado reuniram-se com o presidente Michel Sleimane, o primeiro-ministro Saad Hariri, filho de Rafic Hariri, e outras personalidades do Estado libanês, como um ministro do Hezbollah.

“Esta visita é importante a 100 por cento, para o interesse do Líbano e dos libaneses, porque o país atravessa um período sensível. As pessoas falam outra vez, Deus o proíba, de um conflito libanês ou de uma guerra entre o Líbano e Israel. Por isso, temos esperança que esta visite acalme estes receios” afirma um residente de Beirute.

A tensão actual prende-se com a investigação ao assassinato, em 2005, do antigo primeiro-ministro Rafic Hariri. Rumores apontam para a possibilidade do tribunal especial da ONU acusar algumas personalidades do Hezbollah. Em 2008, confrontos entre partidários do clã Hariri e o movimento radical xiita fizeram uma centena de mortos.