Última hora

Última hora

Fogo incontrolável na Rússia

Em leitura:

Fogo incontrolável na Rússia

Tamanho do texto Aa Aa

Os Incêndios alastraram à região oriental da Rússia. Há cerca de 200 localidades ameaçadas em todo o país.

Pelo menos 30 pessoas já morreram e 3500 foram evacuadas, desde o início dos fogos.

Milhares de homens tentam conter as chamas que já devastaram mais de 100 mil hectares de terreno. Localidades inteiras foram engolidas pelo fogo.

Uma situação provocada pelas altas temperaturas, nada normais na Rússia, Moscovo já chegou aos 40 graus, aliadas ao vento forte e à seca extrema que se fazem sentir e que transformam as florestas em autênticos barris de pólvora.

O responsável pelas florestas, de uma das repúblicas russas, Nail Magdeev, afirma que ninguém trata da turfa que se acumula nos campos há mais de 25 anos. Acrescenta que, tendo em consideração as condições climáticas, isso potencia a combustão espontânea.

Nas regiões mais afectadas pelos incêndios, os bombeiros, juntamente com militares, tentam evitar que as chamas se propaguem.

“Parece a guerra, com todo este fumo”, desabafa uma russa. Outra diz que foram os habitantes que evitaram que as chamas chegassem às suas casas.

Os russos enfrentam a mais forte e longa vaga de calor das últimas décadas. Há mais de 700 fogos activos, a maioria despoletados nas últimas 24 horas.