Última hora

Última hora

Soldados holandeses retiram-se do Afeganistão

Em leitura:

Soldados holandeses retiram-se do Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

As tropas holandesas da Força Internacional de Assistência à Segurança, ISAF, iniciaram este domingo a retirada do Afeganistão.

Os efectivos cumpriram o prazo da missão sem o acordo do Governo do país para prolongar o mandato, como desejava a NATO.

Estiveram estacionados na região durante quatro anos. 24 soldados morreram e cerca de 140 ficaram feridos. Agora, o comando na província de Uruzgan, no sul do país, passa para os militares norte-americanos e australianos.

Uma presença que não bem vista pela população. Em Cabul, um grupo de manifestantes saiu à rua para gritar contra os bombardeios da NATO e a presença estrangeira.

As tropas holandesas são o primeiro grande contingente a deixar o país e a partir de 2011 serão seguidas pelos militares canadianos. A retirada norte-americana deve começar a meio do ano que vem.

O objectivo das forças da NATO é passar progressivamente os comandos para as tropas afegãs até 2014.