Última hora

Última hora

Cuba vai facilitar a criação do próprio emprego

Em leitura:

Cuba vai facilitar a criação do próprio emprego

Tamanho do texto Aa Aa

Havana vai incentivar a criação do próprio emprego e reduzir o número de funcionários públicos. A garantia foi dada pelo Presidente cubano durante a Assembleia Nacional.

Raul Castro prometeu facilitar a atribuição de licenças e flexibilizar a contratação de mão-de-obra:

“O Conselho de Ministros decidiu fomentar a criação do auto-emprego considerado, também, como uma alternativa para o excesso de mão-de-obra no mercado. Para isso, vamos eliminar um conjunto de proibições” afirma.

Um processo que começou com os cabeleireiros e se estendeu, mais tarde, com a concessão de licenças aos taxistas da capital. Castro garante que a chamada “actualização do modelo socialista” vai ser feita com tranquilidade e sem interferências.

As mudanças prometem alterar o rumo da ilha onde cerca de 90% da economia é controlada pelo Estado.

Outra novidade é a abertura do mercado imobiliário a estrangeiros. A partir de Janeiro, Cuba vai dar início a negociações para construir 16 campos de golfe com capital externo, que incluiu a venda de casas a estrangeiros em algumas das zonas turísticas mais conhecidas da ilha.