Última hora

Última hora

Islamita Oumarov deixa liderança da guerrilha chechena

Em leitura:

Islamita Oumarov deixa liderança da guerrilha chechena

Tamanho do texto Aa Aa

O homem mais procurado pelas autoridades russas, que se auto-intitula “emir do Cáucaso”, deixou a liderança da guerrilha chechena, de acordo com um vídeo publicado na internet.

Dokou Oumarov alega razões de saúde e passa o testemunho a Aslambek Vadalov, considerado “mais jovem e enérgico”, para continuar a insurgência islâmica.

Oumarov, 45 anos, assumiu a autoria dos ataques cometidos no metro de Moscovo a 29 de Março, que mataram pelo menos 40 pessoas e feriram outras cem.

Mais tarde chegou a ameaçar a preparação de novos atentados contra equipamentos de infra-estrutura russos.

A 21 de Julho, um comando terrorista explodiu a fábrica hidroeléctrica de Baksan, na república russa de Kabardino-Balkária, no Cáucaso Norte, após matar dois policiais que faziam a segurança do local e agredir dois operadores.