Última hora

Em leitura:

Holanda: Wilders é a figura chave mesmo sem fazer parte do governo


Holanda

Holanda: Wilders é a figura chave mesmo sem fazer parte do governo

Quase dois meses após as eleições, a Holanda ultima a formação de um governo, apesar de ser minoritário e dependente do apoio da extrema-direita.

Mark Rutte, dos liberais, e Maxime Verhaugen, dos cristãos-democratas, negoceiam os últimos pormenores do acordo e a rainha Beatriz já foi informada.

Geert Wilders, líder do Partido da Liberdade, anti-muçulmano, anunciou que apoia o executivo, mas rejeita as acusações de manter os dois partidos reféns. Prefere falar de cooperação.

Mark Rutte será o primeiro-ministro, após a vitória nas eleições legislativas de 9 de Junho. Um escrutínio antecipado, depois da Holanda ter visto cair o governo em Fevereiro, devido às divergências sobre a presença militar no Afeganistão.

Agora, liberais e cristãos-democratas vão controlar 52 dos 150 lugares do Parlamento. Para terem a maioria precisam do apoio dos 24 deputados da extrema-direita. As posições extremistas de Wilders tornaram impossível integrá-lo na aliança governativa.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Confrontos na fronteira israelo-libanesa