Última hora

Última hora

Incêndios propagam-se na Rússia

Em leitura:

Incêndios propagam-se na Rússia

Tamanho do texto Aa Aa

Por ar e por terra, perto de 190 mil pessoas combatem as chamas que consomem mais de 170 mil hectares de território russo.

Alimentados por uma onda de calor excepcional, os incêndios propagaram-se, em 24 horas, a mais 45 mil hectares.

Alguns desalojados criticam a actuação das autoridades. “Do Governo, precisamos de ajuda. Isto é o mais importante, que eles não nos esqueçam”, sublinha um idoso. “Todas as minhas roupas quentes arderam. O que é que vamos fazer agora? Este é um grande incêndio, pior do que a guerra”, afirma uma mulher.

Os incêndios já mataram pelo menos 40 pessoas, desde a semana passada. Dois mil cidadãos ficaram sem casa.

O primeiro-ministro russo já prometeu uma ajuda de 200 mil rublos, cerca de cinco mil euros, a cada vítima dos fogos.

A Rússia, um dos principais exportadores de cereais do mundo, reviu, em baixa, as previsões de colheitas de cereais para este ano.

Na segunda-feira, os preços do trigo atingiram o nível mais alto em quase dois anos.