Última hora

Última hora

BP cumpre objectivos da primeira fase da operação "Static Kill"

Em leitura:

BP cumpre objectivos da primeira fase da operação "Static Kill"

Tamanho do texto Aa Aa

A BP diz ter concluído com sucesso a primeira fase da operação que visa selar, definitivamente, o poço de petróleo responsável pela maior maré negra no Golfo do México.

Os especialistas mostram-se cautelosos e sustentam que o êxito da manobra apenas poderá ser confirmado nas próximas horas.

Esta terça-feira, a empresa britânica deu início ao “Static Kill”, um procedimento que consiste na injecção de líquidos e materiais sólidos nos tubos danificados.

A notícia foi recebida com entusiasmo no estado da Luisiana mas o problema está, ainda, longe do fim.

“Estamos preparados para o que vier, mas não me parece que a solução da BP seja suficiente para fazer esquecer o petróleo derramado no Golfo do México durante três meses”, afirma uma comerciante.

A pesca voltou a ser permitida em algumas zonas da Luisiana. Uma medida que a comunidade científica diz ser de alto risco para a saúde pública.
Os pescadores congratulam-se com o regresso ao trabalho: “Isto dá a ideia que está tudo bem, que a BP fez o que tinha a fazer e se pode ir embora. Este é o lado negativo. O positivo é que muitas espécies sobreviveram e nós podemos pescá-las.”

Para acabar com o pesadelo vai ser, ainda, necessária uma última manobra designada por “Bottom Kill”. Uma operação agendada para meados de Agosto e que prevê a instalação de dois tubos de emergência para interceptar o petróleo bruto do fundo do mar.