Última hora

Última hora

Finul diz que exército hebraico cortou árvores em território israelita

Em leitura:

Finul diz que exército hebraico cortou árvores em território israelita

Tamanho do texto Aa Aa

Israel voltou a cortar árvores na fronteira com o Líbano, repetindo uma acção que um dia antes originou um confronto entre os dois países.

A Força Interina das Nações Unidas no Líbano (Finul) garantiu, na quarta-feira, que as árvores cortadas pelo exército hebraico se situam a sul da linha azul, do lado israelita.

O exército libanês acusou os soldados hebraicos de terem tentado arrancar uma árvore em “território controverso”.

A linha azul foi traçada pela ONU, após a retirada do exército israelita do sul do Líbano, em 2000. A Força das Nações Unidas explicou que o Líbano tem reservas acerca do traçado.

Um oficial israelita, dois soldados e um jornalista libaneses foram mortos no fogo cruzado que, terça-feira, se registou na fronteira israelo-libanesa.

O Hezbollah não se envolveu no conflito, mas já avisou que não ficará de braços cruzados, caso Israel volte a atacar. O ministro da Defesa israelita diz que responderá se as tropas hebraicas forem novamente atacadas.