Última hora

Última hora

Quénia decide futura constituição do país

Em leitura:

Quénia decide futura constituição do país

Tamanho do texto Aa Aa

Os quenianos voltam às urnas após a onda de violência que em 2007 provocou mais de 1300 mortos.

Cercas de 12,5 milhões de eleitores decidem, hoje, em referendo sobre a nova constituição.

Recorde-se que a carta Magna do Quénia data da independência do país, em 1963.

O texto prevê a criação de uma câmara alta do Parlamento, Senado, e estabelece uma forma
de descentralização já que uma parte do orçamento de Estado passa a ser gerida pelos condados.

A reforma da constituição ocorre na sequência de uma crise política após a controversa reeleição do chefe de Estado há três anos.

O líder da oposição do Quénia acusou Mwai Kibaki de ter manipulado os resultados. Os apoiantes dos dois dirigentes envolveram-se em confrontos provocando centenas de vítimas e milhares de desalojados.

A crise terminou em 2008 com a assinatura de um acordo para formar um governo de coligação.