Última hora

Última hora

Seca da Rússia afecta mercado mundial de trigo

Em leitura:

Seca da Rússia afecta mercado mundial de trigo

Tamanho do texto Aa Aa

A seca e o calor sem precedentes estão a causar outra catástrofe na Rússia: 20 por cento dos campos de cereais estão destruídos.

Os agricultores russos com poucos rendimentos têm também o problema do feno para os animais. Esperam que o governo os ajude.

O sindicalista Alexander Kototev traduz as preocupações de todos:

“O primeiro-ministro prometeu ajudar-nos a sobreviver à seca e esperamos que um subsídio nos ajude, aos agricultores e para os produtos agrícolas, e que não vá parar noutras mãos, como de costume”.

Mas as consequências sentem-se a nível mundial, principalmente no mercado do trigo,que é a mais importante produção de cereiais no país.

Se a Rússia fornece 8 por cento da produção mundial do mundo, em 2009 foi o terceiro exportador mundial. Este ano, a produção está em queda livre, como afirma o analista Andrei Sizov :

“A seca, na Rússia, não vai ter um impacto garve no volume, já todos sabemos, mas vai ter na produção. No ano passado produzimos 97 milhões de toneladas e este anos vamos produzir menos 25 milhões de toneladas, menos um quarto da produção. “
Na verdade, a União dos produtores de cereais reduziu a fasquia das previsões para 72 a 78 milhões de toneladas. Em comparação, no ano passado, a produção foi 97 milhões de toneladas e, em 2008, foi de 108 milhões de toneladas.

Mesmo se, por agora, o governo assegura que não vai fazer nenhumas restrições às exportações, os analistas duvidam, e falam de uma queda de 50 por cento.

Nos mercados internacionais os preços já sobem. No início da semana era os mais elevados dos últimsos dois anos. Mas, não é só a Rússia que está a ser afectada pela seca: a Ucrânia prevê reduzir as exportações.

Por enquanto ainda não se está à vista uma situação de penúria. Os últimos dois anos constituiram um recorde na produção de cereais, mas as margens de produção excedentária dão apenas para um ano.