Última hora

Última hora

Reino Unido e Paquistão querem "intensificar cooperação"

Em leitura:

Reino Unido e Paquistão querem "intensificar cooperação"

Tamanho do texto Aa Aa

Há uma semana o primeiro-ministro britânico acusou o Paquistão de fazer “jogo duplo” e de “exportar o terrorismo”, mas o presidente paquistanês manteve a visita oficial ao Reino Unido, onde, sexta-feira, se encontrou com David Cameron.

“Eu e o presidente falámos sobre o que consideramos uma relação inquebrável entre a Grã-Bretanha e o Paquistão, baseada nos nossos interesses mútuos. Acima de tudo está a nossa parceria estratégica para lidarmos com todos os assuntos em que queremos ver progresso, seja no comércio, seja na educação e isso é absolutamente vital na área de combate ao terrorismo”, disse Cameron.

“É uma amizade que nunca quebraremos, independentemente do que aconteça e das tempestades que possam vir. O Paquistão e a Grã-Bretanha vão ficar juntos e enfrentar todas as dificuldades com dignidade”, garantiu o presidente paquistanês, Asif Ali Zardari.

Os dois países querem intensificar a cooperação na luta contra o terrorismo. Nesse sentido, a ministra britânica do Interior vai deslocar-se ao Paquistão, no Outono.