Última hora

Última hora

Reino Unido e Paquistão tentam aliviar tensão

Em leitura:

Reino Unido e Paquistão tentam aliviar tensão

Tamanho do texto Aa Aa

Em plena crise diplomática, o primeiro-ministro britânico, David Cameron, recebeu o presidente paquistanês, Asif Ali Zardari, na residência secundária de Chequers, esta quinta-feira.

É a primeira vez que um líder estrangeiro é convidado para jantar neste local emblemático desde que Cameron chegou ao poder.

O encontro é simbólico, depois do primeiro-ministro britânico ter acusado o Paquistão de “exportar o terrorismo”.

Hoje, os líderes voltam a encontrar-se para discutir a cooperação contra o terrorismo e a ajuda britânica às vítimas das cheias no Paquistão.

1600 pessoas morreram e mais de quatro milhões ficaram sem casa. O presidente paquistanês tem sido fortemente criticado por estar a viajar enquanto o país enfrenta as piores cheias dos últimos 80 anos.

As autoridades começaram a evacuar meio milhão de pessoas no sul do país, face à ameaça de fortes chuvas este fim-de-semana.

A comunidade internacional teme uma crise alimentar, depois das chuvas terem destruído aldeias e terras agrícolas. As Nações Unidas já receberam 18 milhões de dólares de ajuda internacional para as vítimas.