Última hora

Última hora

Embaixadas começaram a evacuar cidadãos em Moscovo

Em leitura:

Embaixadas começaram a evacuar cidadãos em Moscovo

Tamanho do texto Aa Aa

Com uma atmosfera sufocante e a visibilidade reduzida em plena luz do dia, as embaixadas da Alemanha, Áustria, Polónia e Canadá começaram a evacuar cidadãos de Moscovo.

Esta manhã a capital russa voltou a acordar coberta por uma espessa nuvem de fumo, intensificada pelo número crescente de fogos florestais.

Nos aeroportos dezenas de voos foram anulados ou desviados. Muitos países apelam agora aos cidadãos para evitar viagens para a cidade.

Os turistas que foram apanhados de surpresa fazem agora uma visita a preto e branco.

O trânsito acumula-se nas principais avenidas devido à falta de visibilidade de alguns automobilistas.

Os mais idosos e as crianças são aconselhados a ficar em casa, mas aqueles que têm de sair à rua acusam as autoridades de incúria.

Até ao momento, a vaga de incêndios florestais já matou pelo menos 52 pessoas, e promete continuar a espalhar um rastro de destruição.

As centrais nucleares, situadas nas áreas atingidas, estão sob vigilância apertada.

Perante a impotência dos grupos no terreno, as autoridades pediram o auxílio da população no combate às chamas.