Última hora

Última hora

Afeganistão: corpos de vítimas já estão em Cabul

Em leitura:

Afeganistão: corpos de vítimas já estão em Cabul

Tamanho do texto Aa Aa

No Afeganistão, já chegaram à capital, Cabul, os corpos dos dez trabalhadores humanitários cujas mortes foram reivindicadas por forças Talibã.

O grupo incluía oito civis estrangeiros e dois médicos afegãos.

O grupo de vítimas estrangeiras incluía um grupo de seis norte-americanos, uma britânica e uma alemã.

O líder do grupo, o Dr. Tom Little, vivia no Afeganistão desde os anos 70.

O grupo trabalhava para uma das organizações de auxílio humanitário há mais tempo implantadas no país. A organização, Missão Internacional de Assistência, IAM, presta cuidados de saúde à população local.

O grupo havia terminado uma missão no Nuristão encontrando-se na província vizinha, Badaquistão, uma província situada no nordeste do país. Teria sido aí que o ataque Talibã teria ocorrido.

Segundo o director da IAM, os Talibãs começaram por acusar o grupo de estar em missão de evangelização; de seguida acusaram-nos de serem espiões da NATO.

Até ao momento, foram mortos 13 trabalhadores de auxílio humanitário este ano no Afeganistão.