Última hora

Última hora

Paquistaneses em protesto contra Zardari

Em leitura:

Paquistaneses em protesto contra Zardari

Tamanho do texto Aa Aa

Os paquistaneses perguntam-se o que anda a fazer o presidente pela Europa enquanto o seu país está a ser devastado pelas piores cheias dos últimos 80 anos.

Foi esta questão que levou uma centena de pessoas a protestar este sábado em Birmingham, na Inglaterra, onde o presidente assistia a uma reunião do seu partido e concluía a visita de cinco dias ao país.

O último balanço oficial aponta para 15 milhões de pessoas afectadas pelas cheias. Pelo menos 1600 morreram. Só nas províncias de Pendjab, no centro, e de Khiber Pakhtunkhwa, no norte, 12 milhões de pessoas foram afectadas.

Mas as atenções estão agora viradas para o sul, onde está em vigor um alerta vermelho. Os serviços de meteorologia falam em mais dois dias de forte precipitação. Um milhão de pessoas teve de abandonar a província de Sindh. Muitos refugiam-se em tendas, outros conseguem abrigo em escolas e edifícios públicos.

Vários países já responderam ao apelo do primeiro-ministro para ajudar o povo paquistanês.