Última hora

Última hora

Paquistão: chuvas espalham destruição no sul

Em leitura:

Paquistão: chuvas espalham destruição no sul

Tamanho do texto Aa Aa

Depois do centro e do noroeste, as chuvas torrenciais estão agora no sul do Paquistão.

As informações apontam para 15 milhões de pessoas afectadas naquelas que já são consideradas as piores inundações da história do país.

A província de Sind, no sul, é agora a mais afectada.

As autoridades conseguiram evacuar cerca de um milhão de pessoas. Os serviços meteorológicos mantêm prognósticos reservados para os próximos dias.

Segundo a ONU, pelo menos 1,600 pessoas perderam a vida em menos de duas semanas.

O primeiro-ministro Yousuf Raza Gilani foi testemunhar em primeira mão a escala do desastre.

“A destruição causada por estas cheias é muito pior que o terramoto de 2005. É por isso que estamos a apelar à ajuda de todo o mundo. As perdas que sofremos são irreparáveis”, disse o Primeiro-Ministro paquistanês.

De recordar que em 2005, o terramoto que atingiu a região de Caxemira causou cerca de 73 mil mortos.

Numa das localidades afectadas, Kot Add, muitos residentes locais perderam as suas casas e procuraram refúgio em edifícios públicos, como é o caso da estação local de caminho-de-ferro.