Última hora

Última hora

Airbus optimista em relação ao Médio Oriente e Norte de África

Em leitura:

Airbus optimista em relação ao Médio Oriente e Norte de África

Tamanho do texto Aa Aa

A Airbus acredita que vai ultrapassar, este ano, a barreira dos 50 nas encomendas de aviões provenientes do Médio Oriente e do Norte de África.

Até agora, a fabricante já recebeu 48 encomendas e não se deixa desmoralizar pelo cancelamento de um contrato de três mil milhões de dólares, 2,2 mil milhões de euros, por parte da Dubai Aerospace Enterprise.

O presidente da Airbus, Habib Fekih, para o Médio Oriente diz que depois da crise, chegou uma “recuperação rápida”.

A rival da Boeing tem dois cenários para este ano no que respeita a encomendas do Médio Oriente e do Norte de África. O mais prudente fica-se pelos 50 aviões, enquanto mais voluntarista aponta um intervalo entre 70 e 80.

No ano passado, a Airbus recebeu 40 encomendas do Médio Oriente.