Última hora

Última hora

Ex-agente de Campbell não confirma versão da modelo

Em leitura:

Ex-agente de Campbell não confirma versão da modelo

Tamanho do texto Aa Aa

Prosseguem as audições no Tribunal Especial para a Serra Leoa. Em Haia, a ex-agente de Naomi Campbell, afirmou que os diamantes que a modelo recebeu, em 1997, lhe foram prometidos pelo antigo líder da Libéria durante o jantar oferecido por Nelson Mandela.

A audiência tem sido marcada por declarações que contradizem Campbell. Esta manhã, a actriz Mia Farrow, que participou no mesmo jantar, garantia que a modelo estava feliz e se tinha gabado que Charles Taylor lhe tinha enviado como presente ao seu quarto um “diamante enorme”.

Carole White, a ex-agente de Naomi Campbell, desmente também a modelo, que garantia ter sido com surpresa que recebera, durante a noite, de dois homens desconhecidos, aparentemente enviados por Taylor, as pedras preciosas.

Em tribunal afirmou que a antiga top model e o ex-chefe de estado liberiano estavam lado a lado quando ela lhe disse que ele lhe ia oferecer diamantes. White afirmou ainda que, depois de recebê-los, Campbell os mostrou e estava desiludida porque não eram brilhantes.

Em causa no julgamento estão crimes de guerra, alegadamente, cometidos por Charles Taylor. Com estas testemunhas a acusação quer provar que, apesar de dizer o contrário, Taylor tinha diamantes de sangue. Pedras preciosas, da Serra Leoa, em bruto, com as quais pagou armas usadas numa guerra sangrenta que acabou com 120 mil mortos.