Última hora

Última hora

Muçulmanos celebram o Ramadão

Em leitura:

Muçulmanos celebram o Ramadão

Tamanho do texto Aa Aa

O mundo muçulmano celebra o Ramadão, mês de jejum e de orações, a partir de quarta-feira.

Em Gaza, depois de Israel ter abrandado, parcialmente, o bloqueio, os comerciantes conseguiram aumentar os seus stocks de mercadorias mas o poder de compra continua reduzido.

Em Jerusalém, os homens, dos 45 aos 50 anos, precisam de autorização especial para entrarem. Abaixo dos 45 não podem fazê-lo durante as orações. Para as mulheres as regras são mais restritivas. Quanto à polícia, recebeu instruções para não fumar e beber, entre outras coisas, em sinal de respeito.

Para as tropas norte-americanas este deverá ser o último Ramadão no Iraque. Um período de alerta total, principalmente, porque mais de uma centena de pessoas morreu desde início do mês.

Este ano, na Indonésia, país com a maior população muçulmana do mundo, as autoridades decidiram bloquear sitio pornográficos na internet antes do Ramadão. Uma medida para respeitar o mês santo do jejum para o Islão.