Última hora

Última hora

Muçulmanos celebram Ramadão à prova do calor

Em leitura:

Muçulmanos celebram Ramadão à prova do calor

Tamanho do texto Aa Aa

Começou o Ramadão para grande parte de muçulmanos de todo o mundo. O mês sagrado constitui um dos pilares do Islão. Entre o nascer e o pôr-do-sol, os fiéis devem abster-se de comer, beber, fumar e ter relações sexuais.

Este ano, o Ramadão realiza-se em Agosto, pelo que as privações são particularmente difíceis, devido à onda de calor que cobre grande parte do Médio Oriente.

Em Israel, nas fronteiras com os territórios palestinianos, os soldados foram proibidos de comer, beber ou fumar diante da população árabe.

Do lado palestiniano, os funcionários viram as horas de trabalho reduzidas de oito para seis, devido ao calor.

No Egipto, na Cisjordânia e na Faixa de Gaza, as autoridades decidiram passar à hora de inverno, para que os fiéis possam quebrar o jejum mais cedo.

Noutros países, as autoridades religiosas permitem que os trabalhadores mais expostos ao calor bebam água.

Vários governos estão preocupados com a inflação dos preços, nesta época de festas.