Última hora

Última hora

Ramadão começa hoje para a maioria dos muçulmanos

Em leitura:

Ramadão começa hoje para a maioria dos muçulmanos

Tamanho do texto Aa Aa

Na Indonésia, onde a maioria da população é muçulmana, a véspera do Ramadão foi ocupada com visitas a cemitérios.

Para além de se abastecerem em mercados, muitos indonésios preparam a chegada do mês santo do Islão, com a oferta de flores e limpeza das tumbas de familiares.

O més do Ramadão começa hoje na maioria dos países árabes, decretado pelas autoridades religiosas com base na observação do crescente lunar.

No Iraque, o jejum é iniciado pelos sunitas, enquanto os xiitas só observam a tradição a partir de amanhã.

Na Faixa de Gaza, o Ramadão conta este ano com menos restrições. O aliviamento parcial do bloqueio israelita permitiu abastecer melhor os lojas com bens especialmente concebidos para a celebração muçulmana.

Em 2009, muitas das mesmas prateleiras estavam bastante mais vazias.

Nas margens do Nilo, na capital egípcia do Cairo, os dois dias que antecedem o Ramadão ficaram marcados pelo festival das lanternas, ou Fawanis.

Um evento que pretende atrair turistas – tanto muçulmanos, como de outras confissões – durante o mês do jejum.