Última hora

Última hora

O Ramadão nos territórios palestinianos

Em leitura:

O Ramadão nos territórios palestinianos

Tamanho do texto Aa Aa

Para este período de Ramadão, a aldeia de Silwad, na Cisjordânia, fixou um objectivo: a construção de um minarete de 72 metros, na mesquita de Abu Obaidah, tendo como modelo o da mesquita do Profeta Maomé, na Arábia Saudita.

Um dos trabalhadores da obra explica: “tentámos fazer como os nossos antepassados, por isso começámos este projecto de construir o maior e mais bonito minarete da Palestina”.

Outro conta: “Nos dias antes do Ramadão, eu trabalhava das sete da manhã às três e meia da tarde, porque era um dia normal em que se podia comer, beber água e café e mesmo fumar. Mas quando se está no Ramadão não se pode fazer isso”.

Na Faixa de Gaza este é o primeiro Ramadão desde que Israel levantou o bloqueio ao território. Todos tentam encontrar nos mercados os bens de que necessitam para a celebração da noite. O
governo propõe-se distribuir milhares de refeições às famílias mais carenciadas.