Última hora

Última hora

ONU acusa França de complacência perante o racismo

Em leitura:

ONU acusa França de complacência perante o racismo

Tamanho do texto Aa Aa

A França foi criticada pelo Comité das Nações Unidas para a eliminação da discriminação racial.

Aquela agência da ONU diz que tem faltado vontade política às autoridades, perante o recrudescimento de actos racistas.

Em causa a possibilidade de a França ver a retirar a nacionalidade a cidadãos de origem estrangeira e a operação de desmantelamento de 300 acampamentos de ciganos, como aconteceu em Anglet no sudoeste do país.

Foi o póprio presidente, Nicolas Sarkozy que, em Grenoble, há duas semanas, falou dessa possibilidade:

“A nacionalidade francesa deve poder ser retirada as todas as pessoas de origem estrangeira que tenham voluntariamente atentado contra a vida de um funcionário de polícia ou de um militar da polícia”.

As autoridades dizem que se trata de políticas para garantir as liberdades públicas e o direito à segurança, o primeiro dos direitos do homem.

Um dos 18 especialistas da ONU disse ao jornal Le Monde que existe uma grande contradição, entre a imagem exportada pela França e a realidade do país.