Última hora

Em leitura:

Extraditado o fugitivo mais procurado no Japão


Japão

Extraditado o fugitivo mais procurado no Japão

Era até, agora, o homem mais procurado no Japão.

O alegado membro do grupo “Panteras cor-de-rosa,” uma quadrilha internacional de ladrões de jóias chegou, este sábado, a Tóquio.

Rifat Hadziahmetovic é suspeito de ter participado no roubo de uma tiara de diamantes e de outras jóias na cidade nipónica em 2007.

O homem de 42 anos, originário do Montenegro, foi detido em 2009 no Chipre com um passaporte falso e extraditado para a Espanha onde era procurado por um assalto no valor de 600.000 euros.

De acordo com a polícia o grupo “Panteras cor-de-rosa” é composto por cerca de 200 elementos oriundos da ex-Jugoslávia.

O gangue apresenta uma estrutura menos formal, que a maioria dos grupos de crime organizado e distingue-se pela criatividade.

No assalto em Tóquio escaparam de bicicleta. Em Londres, recorreram a um caracterizador para mudar de visual antes de um roubo avaliado em cerca de 47 milhões de euros.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Ajuda americana chegou à Rússia