Última hora

Última hora

Secretário-geral da ONU mostra-se chocado

Em leitura:

Secretário-geral da ONU mostra-se chocado

Tamanho do texto Aa Aa

Estas imagens chocaram o secretário-geral das Nações Unidas.

Ban Ki-moon deslocou-se este domingo ao Paquistão, um país transformado num mar de lama.

Às populações afectadas prometeu mobilizar a ajuda necessária para fazer face às piores inundações de que há memória no país.

Uma catástrofe que segundo as últimas estimativas afecta 12% da população.

“Precisamos de mais ajuda da comunidade internacional. Fizemos um apelo para reunir 460 milhões de dólares para dar resposta às necessidades imediatas nos próximos 90 dias. Inundações sem precedentes exigem uma ajuda sem precedentes” afirmou Ban Ki-moon.

O presidente paquistanês diz que o país precisa de ajuda “porque esta é uma catástrofe nunca antes vista”, adiantando, que “nunca inundações como estas foram vistas em nenhuma parte do mundo.”

As Nações Unidas dizem ter recebido até ao momento apenas um quinto dos cerca de 360 milhões de euros pedidos.

Seis milhões de pessoas continuam à espera de comida, abrigos e água potável.

As organizações humanitárias no terreno fazem o que podem para dar resposta às solicitações, uma tarefa dificultada pela dimensão da catástrofe.

Depois de ter sido confirmado o primeiro caso de cólera, a ONU teme agora um surto da doença no país.