Última hora

Última hora

PIB Chinês provoca queda da bolsa de Tóquio

Em leitura:

PIB Chinês provoca queda da bolsa de Tóquio

Tamanho do texto Aa Aa

A bolsa de Tóquio caiu hoje 0,6 por cento após ter sido revelado que no segundo trimestre de 2010 a China registou um Produto Interno Bruto nominal superior ao do Japão. No entanto este país continua a ser a segunda economia mundial em termos de PIB nominal à frente da China.
 
Neste período a China teve um PIB nominal de 1336,9 mil milhões de dólares contra 1288,3 mil milhões do Japão.
 
O economista Louis Kuijs explica porquê: “ O crescimento da China tem cada vez mais impacto noutras zonas do mundo. Em parte isso deve-se ao que a China compra. Matérias-primas, tecnologia, bens de produção.”
 
Com um rendimento per capita anual de 2.970 euros, muito abaixo do dos Estados Unidos ou do Japão, a China deixa mesmo assim os seus cidadãos satisfeitos:
 
 “Sem dúvida que me sinto orgulhoso do nosso país ter ultrapassado o Japão, não há dúvida nenhuma de que nos sentimos orgulhosos”, diz Zhang Guo Bin.
 
“A economia melhorou claramente, mas o nível de vida da população em geral não me parece que tenha aumentado”, afirma Zhang Wei.
 
Apesar de, segundo dados governamentais, em Julho a economia chinesa ter dado sinais de desaceleração e a inflação continuar a subir,
mesmo com o crescimento de 0,1 por cento do PIB japonês entre o primeiro e o segundo trimestre de 2010, segundo os especialistas, a China deverá tornar-se a segunda economia mundial ainda este ano ou em 2011.