Última hora

Última hora

Rússia: Autoridades preocupadas com chuvas fortes

Em leitura:

Rússia: Autoridades preocupadas com chuvas fortes

Tamanho do texto Aa Aa

Depois do calor e dos incêndios, choveu no noroeste da Rússia. A chuva regressou sob a forma de temporal e dirige-se, agora, para Moscovo.

Esta noite, na região de São Petersburgo, duas gruas de cinquenta metros e várias árvores inclinaram-se à força do vento. As fortes rajadas deixaram sem electricidade quase cem mil pessoas.

Os serviços de meteorologia lançaram um alerta de fortes temporais na região de Moscovo. Segundo as previsões, o mercúrio nos termómetros também vai descer abaixo dos 30 graus centígrados, podendo chegar aos 15 graus no fim-de-semana.

Um eventual alívio para os mais de dez milhões de habitantes da capital, a braços com a nuvem de fumo provocada pelos incêndios.

As autoridades anunciaram hoje que os fogos que ameaçavam o centro nuclear de Sarov (a 500 quilómetros de Moscovo) estão controlados e praticamente extintos. Até há pouco, um sítio na internet dava conta de quatro mil hectares de terreno contaminado por elementos radioactivos. A página foi encerrada, sem explicações, este fim-de-semana.

Os incêndios na Rússia destruíram quase um milhão de hectares de florestas desde o fim de Julho e provocaram 54 mortos.