Última hora

Última hora

Banco Mundial ajuda Paquistão

Em leitura:

Banco Mundial ajuda Paquistão

Tamanho do texto Aa Aa

O Banco Mundial vai destinar 900 milhões de dólares – cerca de 702,5 milhões de euros – ao Paquistão, para ajudar o país após as inundações que terão afectado mais de 14 milhões de pessoas.

De acordo com aquele organismo, as inundações causaram danos sobretudo nas habitações, seguindo-se as estradas, os sistemas de irrigação e a agricultura – foram perdidos cerca de mil milhões de dólares (cerca de 780,5 milhões de euros) de produtos cultivados.

Outro grande problema com que se defronta o Paquistão é, segundo a Organização Mundial da Saúde, o perigo da disseminação de doenças como a cólera, a hepatite A e E e o tifo. Um membro da ONG Médicos Sem Fronteiras explica porquê:

“As pessoas nadam em água das cheias, água que contém todo o tipo de detritos e germes que existiam no solo de locais onde não existia o mínimo de saneamento básico. As pessoas tomam banho em água contaminada e, obviamente, isso acarreta grandes riscos para a sua saúde.”

No Paquistão, a chuva continua a cair, três semanas depois do início das piores inundações da história do país, que afectaram cerca de um décimo da população.