Última hora

Última hora

Paquistão à espera de ajuda internacional

Em leitura:

Paquistão à espera de ajuda internacional

Tamanho do texto Aa Aa

Depois da visita às regiões paquistanesas atingidas pelas inudações, Ban Ki-moon prepara-se para lançar um novo apelo de ajuda à comunidade internacional.

Durante a deslocação, o secretário-geral das Nações Unidas mostrou-se chocado com o que viu no terreno. Esta quinta-feira deverá apresentar o relatório aos 192 estados membros da organização.

A ONU tinha estimado em 460 milhões de dólares a ajuda necessária para os próximos três meses, mas não se sabe exactamente a amplitude das necessidades do país:

“Dar números precisos é muito difícil. O governo estimou em cerca de 20 milhões as pessoas afectadas pelas inundações. Mas nós no Alto Comissariado para os Refugiados não temos números exactos. Sabemos que é enorme. Quaisquer que sejam os números, é uma enorme quatidade de pessoas, muito mais do que podemos imaginar e a situação está a piorar”, explica um porta voz da UNHCR.

Os fundos recolhidos até agora não chegam sequer a um terço do solicitado. Os Estados Unidos vão dar o exemplo, esperando-se que anunciem uma ajuda suplementar de cem milhões de dólares.

Mas segundo vários analistas, o Paquistão tem contra si, para além da crise económica internacional, um défice de imagem no Ocidente.