Última hora

Última hora

Rússia: Tesouro botânico de Pavlovsk ameaçado

Em leitura:

Rússia: Tesouro botânico de Pavlovsk ameaçado

Tamanho do texto Aa Aa

A maior reserva de espécies frutícolas do mundo está ameaçada. A estação experimental de Pavlovsk, na Rússia, poderá desaparecer para dar lugar a um projecto imobiliário.

Criada em 1926 pelo cientista Nikolai Vavilov, a reserva conta com mais de quatro mil tipos de espécies frutícolas e sementes de mais de trezentas mil plantas.

O seu director, Fyodor Mikhovich, explica que não se podem transferir as espécies porque “voltar a plantá-las significaria matar a colecção”.

Noventa por cento das espécies vegetais que aqui crescem não se encontram em mais lado nenhum. Um local tão precioso que, durante a Segunda Guerra Mundial, doze cientistas morreram de fome para o defender.

Hoje, um dos investigadores do centro alerta que é a própria “segurança alimentar da Rússia” que está em jogo. Leonid Burmistrov explica que o desaparecimento da reserva será também nocivo para o resto do mundo “porque as plantas estão registadas na base de dados internacional”.

O caso provocou uma forte mobilização nas redes sociais da internet. O presidente russo respondeu via “Twitter” que vai lançar uma investigação. Só a palavra dele, ou do primeiro-ministro, pode garantir que este tesouro botânico seja salvo.