Última hora

Última hora

Israel e Palestina retomam conversações directas em Setembro

Em leitura:

Israel e Palestina retomam conversações directas em Setembro

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyhu, e o presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmoud Abbas, vão reunir-se para conversações directas sobre o Médio Oriente, a partir de 2 de Setembro, em Washington. O anúncio foi feito esta sexta-feira pela secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton.

O movimento islamita palestiniano Hamas rejeitou as conversações.

O encontros com o presidente Barack Obama pretendem acelerar um acordo de paz, justo e duradouro, no prazo de um ano.

A administração norte-americana mostra-se confiante num avanço do diálogo, interrompido há um ano e meio.

“O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu disse, durante a mais recente visita a Washington, que acreditava que o diálogo poderia ser concretizado dentro de um ano. O presidente Abbas expressou-me vontade idêntica. Estou confiante e tenho estado mais envolvido com os problemas da região”, disse George Mitchell, o enviado dos Estados Unidos para o Médio Oriente.

Estas conversações, onde também estarão presentes o rei da Jordânia e o presidente egípcio, deverão estar terminadas no prazo de um ano e acontecer sem que estejam estabelecidas quaisquer pré-condições.

Para os encontros com o Presidente dos EUA, Barack Obama, também foi convidado Tony Blair, representante do Quarteto Internacional para a paz no Médio Oriente.

O objectivo final das negociações, para os americanos, será a criação de um Estado palestiniano independente e em paz com Israel. Entretanto, Washington voltou a pedir a suspensão das construções de colonatos judeus na Cisjordânia e em Jerusalém Leste.