Última hora

Última hora

Votação renhida na Austrália

Em leitura:

Votação renhida na Austrália

Tamanho do texto Aa Aa

A corrida eleitoral continua renhida na Austrália.

Tudo indica que a coligação liderada por Tony Abbott terá mais votos do que os trabalhistas de Julia Gillard, e com isso mais assentos no parlamento, mas tudo está em aberto. Abbott leva vantagem mas a margem é muito curta.

Quando estão contados mais de 75 por cento dos votos o cenário de maioria absoluta está afastado, o que acontece primeira vez em 70 anos.

Não se prevê para hoje o desfecho desta votação já que ficam por contar 1 milhão e oitocentos mil votos que chegam por correspondência.

Para além disso, a confirmar-se uma vitória à tangente, há sempre a possibilidade do derrotado pedir recontagem dos votos.