Última hora

Última hora

A mesquita da discórdia em Nova Iorque

Em leitura:

A mesquita da discórdia em Nova Iorque

Tamanho do texto Aa Aa

Dezenas de pessoas, contra e a favor da construção de uma mesquita nas imediações do Ground Zero, em Nova Iorque, manifestaram-se este domingo.

Separados por barreiras e pela polícia, os dois grupos mostraram cartazes e gritaram palavras de ordem.

Entre aqueles que se opõem à instalação do centro islâmico há familiares das vítimas. Um deles afirma: “não acredito que todos os muçulmanos sejam terroristas mas sei que todos os terroristas que estavam nos aviões que mataram o meu irmão eram muçulmanos. Não acredito que seja moralmente ético e certo colocar uma mesquita, no local onde o meu irmão foi morto”.

Do outro lado decorria uma manifestação de apoio à construção da mesquita. O grupo de apoiantes acredita que se trata de marginalização dos muçulmanos.

Um apoiante explica: “batemo-nos pelo direito que cada indivíduo tem para praticar a sua religião onde escolher fazê-lo e batemo-nos contra o clima de medo, «islamofobia» e ódio que se começa a sentir”.

O Presidente dos Estados Unidos já deixou claro que apoia a construção da mesquita neste local. Barack Obama afirmou que os muçulmanos têm direito a praticar a sua religião como qualquer outro americano.