Última hora

Última hora

Drama interminável das cheias no Paquistão

Em leitura:

Drama interminável das cheias no Paquistão

Tamanho do texto Aa Aa

No sul do Paquistão, a população abandona as casas. A subida do nível das águas, na província de Sindh, ameaça aumentar o número de pessoas sem-abrigo.

O país enfrenta as piores cheias das últimas décadas. Segundo dados do governo, 1600 pessoas perderam a vida e o número de desalojados ronda os quatro milhões.

Aldeias inteiras foram varridas pelas águas. O sector agrícola foi duramente atingido e deverá levar muito tempo a recuperar.

A situação é dramática e tensa. A população acusa o governo de lentidão na resposta à crise. As vítimas debatem-se com a insegurança, a fome e a falta de electricidade e de combustível.

A comunidade internacional enviou cerca de 800 milhões de dólares para ajudar as vítimas.