Última hora

Última hora

Sócio do antigo patrão da petrolífera "Yukos" em tribunal

Em leitura:

Sócio do antigo patrão da petrolífera "Yukos" em tribunal

Tamanho do texto Aa Aa

Platon Lebedev, sócio do antigo patrão da petrolífera russa Yukos, vai esta segunda-feira a tribunal prestar declarações, no âmbito de um processo onde é acusado de roubo.

Os depoimentos, onde o arguido quer refutar informações alegadamente “falsificadas”, devem prolongar-se ao longo de duas semanas.

Lebedev e Mikhail Khodorkovski, o fundador da petrolífera Yukos, são acusados de terem roubado 350 milhões de toneladas de petróleo.

Entre 1999 e 2003 terão arrematado também 9,6 mil milhões de dólares, do lucro da empresa.

Os dois empresários já tinham sido condenados em 2005 a oito anos de prisão, e encontram-se a cumprir pena no âmbito de outro processo onde são acusados de fraude e evasão fiscal.

A oposição russa considerou que o “caso Yukos” não passa de uma operação manipulada pelo Kremlin para restabelecer o controlo do Estado sobre os activos petrolíferos e castigar Khodorkovski por financiar partidos da oposição e ter revelado ambições políticas.