Última hora

Última hora

"Cordão umbilical" permite contacto com mineiros chilenos

Em leitura:

"Cordão umbilical" permite contacto com mineiros chilenos

Tamanho do texto Aa Aa

“Cordão umbilical” é o nome que as equipas de salvamento dão à estreita perfuração que permite o contacto com os 33 mineiros soterrados no Chile.

Os trabalhadores foram encontrados vivos no Domingo, a 700 metros de profundidade, depois de dezassete dias de cativeiro.

Os homens já terão perdido entre oito a nove quilos e conseguiram fazer chegar uma mensagem à superfície onde dizem que estão vivos mas com fome.

A perfuração, que está a ser reforçada pelas equipas de salvamento, já permitiu o envio de alimentos, água e medicamentos.

As famílias das vítimas consideram que é um milagre os homens estarem vivos.

O principal desafio vai ser manter a saúde física e mental dos trabalhadores até que seja cavado um outro poço de maiores dimensões para poder trazê-los à superficie, o que deverá levar entre três a quatro meses.

Uma médica que falou durante uma hora com os trabalhadores afirmou que eles estavam bem de saúde.