Última hora

Última hora

Madrid acusa Talibã da morte de soldados durante treino

Em leitura:

Madrid acusa Talibã da morte de soldados durante treino

Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de pessoas atacaram esta manhã a base militar da NATO de Badghis, no Afeganistão.

Os manifestantes, que protestavam contra a morte de um recruta da polícia afegã, lançaram pedras e atearam fogos junto da instalação, gritando palavras de ordem contra o contingente espanhol estacionado na zona.

Os protestos ocorreram depois dos militares espanhóis terem morto um recruta afegão, que teria disparado sobre vários soldados durante uma sessão de treino.

Dois oficiais e um intérprete espanhóis assim como 8 soldados afegãos morreram durante a acção, que Madrid atribui aos Talibã.

O atacante seria um guerrilheiro infiltrado que trabalhava como condutor de um dos oficiais mortos durante o incidente.

O caso perturba uma vez mais a missão das tropas internacionais no Afeganistão, quando vários países, como a Espanha, apostam antes de mais na formação do exército afegão.

Face a uma operação cada vez mais contestada pela população, Cabul quer transferir a segurança do país para o exército e polícia nacionais, o mais tardar até 2014.