Última hora

Última hora

Morte de recruta afegão origina protestos contra NATO em Badghis

Em leitura:

Morte de recruta afegão origina protestos contra NATO em Badghis

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de duas mil pessoas manifestaram-se esta manhã às portas da base militar da NATO de Badghis, no Afeganistão.

Os manifestantes, que gritaram palavras de ordem contra o contingente espanhol e lançaram pedras contra os militares, protestavam contra a morte de um polícia afegão durante uma acção de formação esta manhã.

O recruta tinha sido alvejado mortalmente depois de matar dois soldados espanhóis e um intérprete durante uma sessão de treinos.

O governo espanhol justificou a acção como uma resposta a um “ataque”, sem dar mais detalhes sobre o incidente.

O governador da província de Badghis afirma que o recruta afegão “mantinha contactos com os Talibã”, acusando os rebeldes de terem orquestrado o ataque e a manifestação.

Nos últimos meses multiplicam-se os actos de amotinagem e deserção nas fileiras do exército afegão.

Em Julho, um recruta tinha morto três soldados britânicos durante uma sessão de treinos.

A situação prejudica os esforços das tropas internacionais que fizeram da formação do exército e polícia afegãos uma prioridade da missão no país.