Última hora

Última hora

Wyclef Jean recorre ao Tribunal Interamericano dos Direitos do Homem

Em leitura:

Wyclef Jean recorre ao Tribunal Interamericano dos Direitos do Homem

Tamanho do texto Aa Aa

A estrela do hip-hop Wyclef Jean anunciou que vai contestar junto do Tribunal Interamericano dos Direitos do Homem a recusa da sua candidatura à presidência do Haiti.

O cantor de 40 anos considera reunir todas as condições para ser candidato à presidência do país que o viu nascer.

Os advogados do antigo membro dos Fugees disseram que vão trabalhar no sentido de esgotar todos os recursos para contestar uma decisão que consideram inaceitável.

A decisão do Conselho Eleitoral Provisório baseia-se no facto de Wyclef Jean viver nos EUA desde os nove anos, apesar de ter nascido no Haiti.

As regras eleitorais haitianas determinam que os candidatos devem viver no país nos cinco anos anteriores à eleição.

Das 34 candidaturas formalizadas foram rejeitadas seis, dado que os candidatos vivem fora do país.

Entre os 19 candidatos aceites estão Jude Célestin, pelo partido no poder e o antigo primeiro-ministro Jacques-Edouard Alexis.