Última hora

Última hora

Madre Teresa de Calcutá continua a mover multidões

Em leitura:

Madre Teresa de Calcutá continua a mover multidões

Tamanho do texto Aa Aa

A partir de hoje, a Índia assinala o centenário do nascimento da Madre Teresa de Calcutá.

Vinte e três anos após a sua morte, a chamada “santa dos pobres” continua a mover multidões.

Uma missa foi celebrada esta manhã em Calcutá, na sede das missionárias da caridade, a congregação fundada por Madre Teresa.

Festivais de cinema, exposições e outras manifestações culturais, também marcam este dia especial para milhões de pessoas.

Para lá das festividades religiosas, até um comboio baptizado de Madre Teresa homenageia o legado da missionária.

Inés Gonxha Bojaxhiu, o seu verdadeiro nome, nascida em Skopje, na actual Macedónia, chegou pela primeira vez à Índia com 19 anos, em 1929.

O seu trabalho e dedicação à população mais pobre e aos doentes de lepra, nos subúrbios de Calcutá, valeram-lhe o reconhecimento do país e um prémio Nobel da Paz em 1979.

A Igreja Católica, por intermédio do Papa João Paulo II beatificou a missionária em 2003.

Actualmente, a ordem que fundou conta com mais de 4500 religiosas espalhadas por 130 países, que prosseguem a mesma missão de ajuda aos mais pobres.