Última hora

Última hora

Presidente russo suspende construção de auto-estrada polémica

Em leitura:

Presidente russo suspende construção de auto-estrada polémica

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente russo decidiu suspender a construção de uma auto-estrada entre Moscovo e São Petersburgo através da Floresta de Khimki.

Dmitri Medvedev diz que o polémico projecto, contestado por ecologistas e pela sociedade civil, vai continuar embargado até à realização de novos estudos.

A decisão surge depois do Partido Rússia Unida, chefiado pelo primeiro-ministro Vladimir Putin, apelar a Medvedev para suspender a construção da via.

“Não obstante ter sido tomada uma decisão especial do Governo sobre a construção da auto-estrada, não obstante ela ter sido analisada pelo nosso sistema judicial e terem sido tomadas decisões sobre essa questão, é um assunto que precisa de uma análise extensiva”, declarou Medvedev no seu blog na Internet.

O apelo ao recuo deixou perplexos jornalistas, ecologistas e políticos da oposição já que foi Vladimir Putin que, em 2009, ordenou a construção da via rápida.

O certo é que o corte das árvores na Floresta de carvalhos nos arredores de Moscovo já começou.

O projecto tornou-se num símbolo da luta da sociedade civil contra o Estado, que envolve até estrelas de rock, como o músico Yuri Shevchuk.

A auto-estrada que ligará as duas maiores cidades da Rússia vai ser construída por troços, com a participação de empresas estrangeiras. O início das obras está previsto para Outubro.