Última hora

Última hora

Corruptor do cricket preso em Londres

Em leitura:

Corruptor do cricket preso em Londres

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia britânica deteve um homem de 35 anos que queria falsificar o resultado de um jogo de cricket, para ganhar as apostas.

Tratava-se de um jogo de treino, entre as selecções de Inglaterra e do Paquistão, duas potências mundiais.

Mas a polícia foi rápida a actuar e esteve no hotel londrino da equipa paquistanesa, para interrogar os jogadores supeitos.

Elementos do Conselho Internacional de Cricket assistiram a tudo e garantem de nenhum jogador se deixou corrumper.

O escândalo foi revelado pelo tabloide “News of the World”. Um reporter, dizendo-se responsável de uma correctora de apostas, passou 180 mil euros para a mão de Mazhar Majeed, de 35 anos, identificado como homem de negócios.

Os adeptos dizem-se desapontados:

“Só quero dizer que estou muito decepcionado, Nós tivemos dois dias realmente maravilhosos de cricket, toda gente estava realmente contente, foi muito emocionante. Mas os títulos só falam de outras coisas, e não falam sobre isto”.

Com esse dinheiro, o corruptor garantia que dois jogadores paquistaneses cometeriam deliberadamente algumas faltas, para garantir a vitória britânica.

Um grave erro diz um adepto paquistanês:

“Se houve jogadores envolvidos neste suborno, isso é muito mau para o Paquistão, porque é uma grande potência do cricket internacional, tem grandes jogadores, a imagem do Paquistão fica afectada e talvez venha a sofrer sanções e fique impedido de jogar internacionalmente”.

O “News of the World” é o mesmo jornal que atraiu Sarah Fergunson para uma outra operação de suposta corrupção, usando o mesmo estratagema.