Última hora

Última hora

Itália: luta em sala de parto pode ter originado complicações

Em leitura:

Itália: luta em sala de parto pode ter originado complicações

Tamanho do texto Aa Aa

Dois médicos italianos protagonizaram um confronto físico durante um parto numa policlínica na Sicília.

O desacordo estaria, supostamente, na necessidade ou não de efectuar uma cesariana. A mulher acabou por sofrer uma hemorragia durante o parto, o que obrigou à remoção do útero, e o bebé nasceu com problemas cardíacos e prováveis danos cerebrais.

O pai explica que entre que “se deram conta de que havia um problema” e “perceberam a verdadeira gravidade da situação, optando pela cesariana”, passou uma hora e meia. Acrescenta que, nesse tempo, a esposa esteve “muito mal, com vómitos e convulsões”.

O ministro italiano da Saúde desloca-se esta segunda-feira à Policlínica de Messina para visitar mãe e filho.

Uma comissão parlamentar foi encarregada de coordenar as investigações da polícia para apurar se os médicos são responsáveis por qualquer atraso na operação, levando às graves complicações no parto.