Última hora

Em leitura:

Diálogo israelo-palestiniano dominado pela incerteza


Israel

Diálogo israelo-palestiniano dominado pela incerteza

As negociações de paz entre israelitas e palestinianos estão ensombradas pela dúvida.

Um responsável israelita diz que o primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, não fez qualquer promessa aos Estados Unidos para congelar parcialmente a construção de colonatos na Cisjordânia.

O presidente da Autoridade Palestiniana disse que responsabiliza Israel por um eventual falhanço, no relançamento do diálogo bilateral: “O governo de Israel terá de assumir sozinho as responsabilidades por condenar as negociações, se continuar com a expansão de colonatos no território palestiniano que ocupa desde 1967”, diz Mahmoud Abbas.

No próximo dia 26 de Setembro termina o prazo da moratória parcial de dez meses sobre a construção de colonatos judeus na Cisjordânia.

O Governo israelita assumiu este compromisso em Novembro passado, referindo tratar-se de um gesto de boa vontade para retomar as negociações de paz com os palestinianos.

A dias do reinício das negociações directas em Washington, sob iniciativa da administração norte-americana, o processo parece estar novamente ameaçado.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Katrina: Obama garante que não vai repetir erros de Bush